Nuvemshop ou Shopify? Essa é uma dúvida muito comum entre empreendedores que estão dando os primeiros passos no mundo do Ecommerce. Ambas as plataformas são robustas e confiáveis, mas qual escolher? É isso que vamos responder neste artigo. 

Criar uma loja virtual do zero é um passo importante para qualquer empresa que deseja escalar vendas e fazer parte do comércio eletrônico. Para dar o primeiro passo, no entanto, é importante saber qual a melhor plataforma de Ecommerce. 

Se você fizer algumas pesquisas, certamente saberá que a Nuvemshop e a Shopify são suas opções muito interessantes. Mas qual delas é a melhor? 

Neste artigo, preparamos uma análise completa das duas opções. Você entenderá melhor quais recursos cada uma delas tem a oferecer e assim saberá qual é a escolha certa para o seu negócio.

Além disso, no final do artigo, você encontrará quais fatores devem ser levados em consideração na hora de escolher a sua plataforma de Ecommerce. 

Hora de começar! 

Qual é melhor: Nuvemshop ou Shopify? 

Tanto a Nuvemshop quanto a Shopify têm seus pontos fortes, ainda que eles sejam distintos. Ambas oferecem recursos como layouts personalizáveis, plataforma para gestão de pedidos, integração com meios de pagamento e envio, entre outras funcionalidades. 

No entanto, na hora de decidir qual a melhor plataforma de Ecommerce, você deve considerar as necessidades da sua empresa

Nós vamos entrar em maiores detalhes sobre qual a melhor opção durante este comparativo, mas aqui vai um resumo dos nossos principais achados:  

  • Tanto a Nuvemshop quanto a Shopify são empresas confiáveis e seguras para empreendedores. Não à toa, elas são as opções mais populares do mercado brasileiro; 
  •  O plano básico da Nuvemshop – sem contar o plano Começo, que é gratuito –  custa R$ 59, enquanto o mais básico da Shopify custa US$ 19, aproximadamente R$ 93;
  • Quanto ao suporte ao cliente, a Nuvemshop se destaca com uma taxa de resposta e índice de solução superior a 90%. No Reclame Aqui, ela recebeu uma ótima avaliação, com uma pontuação de 8.6. Já a Shopify respondeu, em média 65% das reclamações, com um índice de solução de 53%. Sua nota total no Reclame Aqui é de 4.7.

Análise completa da Nuvemshop

A Nuvemshop foi fundada em 2011 e, hoje é líder em seu segmento na América Latina, com mais de 120 mil lojas ativas

Além de ter  mais de 90% de aprovação do atendimento pelos clientes, a plataforma também foi premiada pela Abcomm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) como a Melhor plataforma de Ecommerce por três vezes, em 2017, 2019 e 2020. 

Por tudo isso, a Nuvemshop se tornou uma das primeiras opções para quem deseja começar com pouco investimento

A seguir, vamos mostrar os principais pontos positivos e negativos da Nuvemshop em uma análise completa. Vamos falar sobre layouts, meios de pagamento, ferramentas de marketing, estabilidade, segurança e mais. 

Veja:

1. Layouts com a cara da sua marca

Em sua loja de layouts, a Nuvemshop oferece dezenas de modelos em sua loja que você pode personalizar para que a sua loja virtual fique com a cara da sua marca.

Além disso, os modelos disponíveis por essa plataforma se adaptam a todos os tamanhos de dispositivos, ou seja desktop, celular e tablet.

E não para por aí, os layouts da Nuvemshop possuem recursos que vão tornar a experiência das pessoas mais agradável, quando estiverem na sua loja virtual…

São eles: buscas de produtos e filtros, possibilidade de selecionar produtos relacionados para cada produto – o famoso “quem comprou isso, também levou” –, cálculo de custo de envio no carrinho e mostrar produtos só para clientes registrados (interessante para quem vende atacado).

Vale lembrar que essas 55 opções de layouts estão disponíveis gratuitamente para todos os planos, desde o inicial. 

🖥️ Você pode conferir um review dos principais layouts oferecidos pela Nuvemshop aqui: Confira os 12 melhores layouts da Nuvemshop em 2024.

layouts nuvemshop

2. Gestão de produtos simples

A Nuvemshop oferece todas as ferramentas necessárias para o gerenciamento do estoque da sua loja virtual. Com ela, você consegue adicionar os seus produtos com títulos, descrições, variações (cor e tamanho, por exemplo) e fotos

Outro ponto interessante é a possibilidade de fazer com que as fotos dos produtos correspondam às variações selecionadas pelo cliente. Além disso, é possível organizá-los em categorias, definir preços e promoções.

Ainda na parte de gestão de estoque, você pode criar e modificar muitos produtos em uma tacada só, para isso só é preciso usar uma planilha do Excel.

Também é possível acessar o painel da loja virtual usando qualquer computador, tablet e celular via aplicativo. Isso permite que você consiga trabalhar em qualquer lugar e tenha  mais liberdade na sua vida profissional.

Por fim, vamos falar de dois recursos que vão impedir que você perca vendas. O primeiro é a possibilidade de configurar notificações para que o cliente receba um aviso automático quando o produto favorito dele estiver novamente disponível por meio de ferramentas integradas.

Já o segundo é a possibilidade de receber alertas quando algum produto estiver acabando em seu estoque. Assim, você conseguirá ter o controle sobre o que está acontecendo e conseguirá antecipar a reposição dos seus produtos.

3. Meios de pagamento conhecidos 

Tão importante quanto vender é receber o dinheiro pela venda realizada, certo? Com a Nuvemshop, você recebe de forma rápida e prática. Isso é possível por conta das integrações que a plataforma disponibiliza com os principais meios de pagamento do mercado.

Ao contratar a Nuvemshop, você conseguirá fazer todo o processo de configuração das formas de pagamento de uma maneira bem rápida e simples. É possível conectar sua loja a serviços como Mercado Pago, Moip, PayPal , entre outros.

Além dessas opções de pagamento, a Nuvemshop oferece flexibilidade aos seus clientes por meio do pagamento personalizado, permitindo que o pagamento seja realizado na entrega do produto. 

Também há o Nuvem Pago, um serviço de pagamento exclusivo para clientes Nuvemshop que garante a isenção da tarifa por venda.

Nele, a transação funciona da seguinte forma: o cliente compra na sua loja virtual, paga com o meio de pagamento que for melhor para ele e esse dinheiro cai em pouco tempo na sua conta dentro da Nuvemshop. Você pode usar o dinheiro direto desta conta da plataforma ou pode transferir para o banco que for melhor.

Outros recursos dentro dos meios de pagamento Nuvemshop

  • Checkout transparente: o seu cliente não precisará sair da sua loja para realizar a compra, o que gera mais segurança nele;
  • Taxa de juros: serve para você indicar logo de cara as opções de parcelas disponíveis na sua loja diretamente na lista de produtos, para que o cliente tenha toda a informação possível e se sinta mais confortável na hora de realizar a compra;
  • Taxas exclusivas: 2, 7, 14 e 30 dias para as vendas da sua loja com PagSeguro, Wirecard e Paypal. Além disso, a Nuvemshop oferece aos seus lojistas a melhor taxa de mercado nas cobranças feitas com boleto (R$ 2,50 cada boleto).

4. Meios de envio eficientes

A Nuvemshop oferece aos seus lojistas opções de envio para qualquer tipo de produto por meio de suas integrações. Para começar, você deve cadastrar e configurar a sua loja virtual na plataforma, depois aparecerá a opção de configurar os serviços de frete.

Nessa parte, você conseguirá adicionar múltiplas formas de envio com integrações nativas e as disponíveis na loja de aplicativos da Nuvemshop, como Mandaê, Melhor Envio, Frenet e outras

Além disso, você conseguirá disponibilizar o cálculo automático do frete, o tempo estimado de entrega e um serviço de logística reversa. Tudo isso vai te ajudar a proporcionar uma excelente experiência para as pessoas que acessam sua loja virtual, levando-as a se tornarem clientes fiéis da sua empresa.

📚 Leia também: Transportadora para Ecommerce: conheça as 42 melhores

5. Ferramentas de marketing

Que tal conectar todos os seus canais de venda em um só lugar? Se você já vende online via redes sociais, saiba que a Nuvemshop oferece a possibilidade de integrar a sua loja do Facebook e do Instagram com o seu site

Assim, suas redes sociais além de canais de venda, serão canais de tráfego, levando pessoas de forma orgânica – ou seja, sem anúncios – para o seu site.

Além disso, é possível conectar canais como o Buscapé e o Google Shopping para ampliar ainda mais as oportunidades de venda da sua loja virtual Nuvemshop. Todo controle das vendas e do estoque de todos os canais pode ser feito no painel administrativo da plataforma.

Outros recursos dentro das ferramentas de marketing Nuvemshop

  • Ajuda para o lojista fazer um bom SEO no site com a possibilidade de criar títulos, descrições e URLs amigáveis dos produtos/categorias;
  • Possibilidade de compartilhamento dos produtos com apenas um clique para usar no WhatsApp e nas outras redes sociais;
  • Opção de redirecionamento 301 para o lojista não perder o tráfego.

6. Estabilidade e segurança na sua loja virtual

Quer uma plataforma que não vai te deixar na mão quando aumentarem os acessos no seu site devido a uma ação promocional? A Nuvemshop conta com servidores robustos, equipe de monitoramento técnico 24 horas por dia, 7 dias por semana e também tem uma taxa de 99,9% de tempo online durante o ano.

Além disso, a Nuvemshop oferece certificado de segurança SSL para todas as lojas gratuitamente, o que vai te permitir oferecer transações (compras) seguras para os seus clientes. 

7. Relatórios aprofundados

A Nuvemshop tem integração com o Google Analytics, que vai fornecer dados sobre a sua loja que vão te ajudar a entender o fluxo de pessoas em suas páginas de venda.

Assim, com esses dados em mãos, você conseguirá ter base para tomar decisões mais assertivas, evitando gastos desnecessários. Dessa forma você poderá tomar decisões sobre seus produtos mais lucrativos e ajustar suas estratégias de marketing de acordo com dados. 

📚Falamos mais sobre isso neste artigo: Data driven marketing: o que é e como tomar decisões baseadas em dados

8. Dropshipping com a Nuvemshop

Na Nuvemshop, há soluções para quem deseja trabalhar com dropshipping, como:

  • Aliexpress by Dropi;
  • Printful;
  • Drop Nacional;
  • CJ Dropshipping by Dropi.

💡 Você pode conhecer mais sobre o app Dropi neste artigo: App Dropi: o que é, vantagens e como usá-lo no dropshipping 

O Dropi é uma ferramenta que automatiza toda a importação de pedidos realizados na AliExpress. Por meio dela, o lojista consegue ter acesso a todo o gerenciamento da loja via sincronização automática, o que economiza tempo e aumenta a produtividade.

Já com o Drop Nacional, o lojista consegue trabalhar com fornecedores nacionais que cuidam de toda operação logística, além de gerenciar vários pedidos de uma vez só.

Por fim, temos a Printful, que permite aos lojistas da Nuvemshop venderem produtos personalizados de print-on-demand como bordado, gravação e impressão. Ela tem o compromisso de entregar de forma rápida e dentro do prazo estipulado. 

Além disso, é possível que o lojista crie designs únicos e tenha produtos de alta qualidade sem precisar de um armazenamento próprio.

📚 Leia também: Como usar a Nuvemshop para dropshipping? Guia completo

10. Preços e planos da Nuvemshop

planos e preços Nuvemshop

Se você quiser começar a utilizar a plataforma, a Nuvemshop oferece uma opção gratuita, que é o  Plano Começo. Com ele, você pode começar uma loja virtual gastando R$ 0 em mensalidades.  

A Nuvemshop tem o plano gratuito mais robusto do mercado, permitindo que você possa criar a sua loja virtual e começar a vender sem investir em mensalidade. A ideia é que você faça a migração para planos pagos – e mais completos – à medida que a sua empresa cresce. 

💸 Os planos pagos têm funcionalidades mais robustas e, se você quer começar com o pé direito, saiba que leitores do Ecommerce na Prática têm um desconto exclusivo de 25% no pagamento da primeira mensalidade  Para aproveitar, é só clicar no link.

Confira os planos, preços e funcionalidades:

Plano Começo – R$ 0 /mês

O plano Começo da Nuvemshop é completamente gratuito. Ele foi pensado para quem quer dar o primeiro passo no empreendedorismo sem pagar nada. 

Este plano conta com ferramentas básicas para tirar uma loja virtual do papel e começar a vender. 

O plano Começo conta com:

  • Sem limites de produtos;
  • Envio pelos correios;
  • Tarifa grátis com;
  • Nuvem Pago.

Plano Essencial – R$ 59 /mês

O plano Essencial oferece ferramentas essenciais para você preparar seu Ecommerce e começar a vender. Ele custa R$ 59 ao mês.

Este plano oferece: 

  • Atendimento online;
  • +30 meios de envio;
  • Todos os pagamentos integrados.

Plano Impulso – R$ 119 /mês

O segundo plano oferece soluções integradas para quem precisa vender e criar um posicionamento de marca. Com o custo de R$ 119 ao mês, suas funções são todas as disponíveis no plano Essencial, mais:

  • Atendimento online + WhatsApp;
  • Ações de venda em massa;
  • Acesso ao código-fonte.

Plano Escala – R$ 249 /mês

O terceiro plano oferece um ecossistema com ferramentas para aumentar a performance e expandir seu negócio. Ele custa R$ 249 ao mês e oferece: 

  • Atendimento por telefone;
  • Relatórios ilimitados;
  • Restrição de usuários.

Vale lembrar que todos os planos têm período de teste gratuito de 7 dias

Loja grátis Nuvemshop

11. Painel da Nuvemshop

O painel da Nuvemshop concentra as 4 principais tarefas de criação de loja virtual logo de cara: personalização do layout, cadastro de produtos, formas de entrega e sincronização com meios de pagamentos.

Ali, também estão outras funções importantes, como a criação de links para produtos em redes sociais e seleção de domínio próprio. O painel também tem muitos conteúdos para ajudar na configuração da sua loja. 

A qualquer momento durante e depois da configuração, você pode tirar dúvidas no ícone de ajuda no canto inferior direito.

À esquerda, no menu principal, estão as principais áreas para gerenciamento da sua loja

  • Estatísticas sobre a loja, como como número de visitas, número de pedidos e faturamento;
  • Histórico completo de vendas da loja e carrinhos abandonados;
  • L lista de produtos cadastrados e suas respectivas categorias;
  • Lista de clientes e contatos realizados;
  • Ferramentas de marketing externas como cupons e promoções;
  • Área de personalização da loja;
  • Lista de aplicativos integrados à loja virtual;
  • Canais de venda, como Facebook e Instagram Shopping;
  • Configurações gerais da loja virtual.

12. Opções de suporte

Como você já viu neste comparativo, a Nuvemshop é conhecida pelo suporte que oferece aos seus lojistas: 90% de seus clientes aprovam o atendimento recebido e classificam o suporte recebido como “incrível”.

Ao se juntar à Nuvemshop, esses são os canais disponíveis: 

  • Central de Atendimento;
  • WhatsApp;
  • E-mail;
  • Telefone (segunda a sábado, das 8h às 22h);
  • Chat.

No Reclame Aqui, a Nuvemshop tem nota 8.6 e tem o selo RA1000, que identifica empresas com atendimento excelente. Vale lembrar também que a empresa já foi indicada para o Prêmio Reclame Aqui em algumas ocasiões, destacando o compromisso com o atendimento de excelência. 

Análise completa da Shopify

A Shopify é uma das principais plataformas de Ecommerce do mercado, atuando em mais de 175 países. Com uma equipe global de mais de 10 mil funcionários, a Shopify oferece uma solução abrangente para criar e gerenciar lojas virtuais de forma eficiente

Ao longo dos anos, a empresa alega ter gerado um lucro significativo para seus lojistas, destacando sua relevância e sucesso no mercado de comércio eletrônico. 

A seguir, vamos explorar os principais pontos positivos e características da Shopify em uma análise completa, abrangendo aspectos como design, logística, gestão de estoque e muito mais. Leia!

1. Layouts personalizáveis

A Shopify oferece mais de 100 temas de site no Shopify Themes – mas apenas 12 deles gratuitos – que foram criados por profissionais para ficar à disposição dos lojistas da plataforma. Dentre os artistas que possuem temas na Shopify, há designers de renome mundial, como o Happy Cog, Clearleft e Pixel Union.

Todos esses temas possuem configurações intuitivas para que você consiga personalizar de forma rápida e fácil a cara da sua loja virtual.

Além de ser fácil de personalizar, todos os temas são otimizados para dispositivos móveis (celular e tablets), para que as pessoas possam ter uma boa experiência na palma da mão.

Se quiser personalizar de forma mais profissional a sua loja virtual, você tem duas opções: editar HTML e CSS ou trabalhar com um especialista Shopify

A primeira vai exigir que você tenha um conhecimento mais técnico de como funciona um site. Já a segunda opção, é para quem não tem conhecimento técnico. Se esse for seu caso, você pode trabalhar com um dos especialistas Shopify para personalizar a sua loja do zero. Um serviço adicional, é claro. 

Por fim, você ainda pode ter uma plataforma de blog completa. A Shopify permite que seus lojistas publiquem e categorizem conteúdos. Isso vai te ajudar a construir sua autoridade e fortalecer sua estratégia de SEO, pois o blog é essencial para que as pessoas te vejam como referência no mercado.

Nuvemshop ou Shopify

2. Segurança na sua loja virtual

Toda loja Shopify tem seu certificado de SSL. É ele que garante que páginas, conteúdos, cartões de crédito e informações sejam protegidas. Isso é fundamental para garantir que a LGPD seja cumprida pelo seu negócio e as pessoas não tenham seus dados parando em mãos erradas. 

Assim, ao disponibilizar o certificado SSL, a Shopify se mostra preocupada com a segurança dos clientes dos seus lojistas.

3.  Meios de pagamento diversificados

Na Shopify é possível configurar meios de pagamento da sua loja virtual, habilitando os métodos mais populares e moedas locais de uma forma bem tranquila. Algumas das formas de pagamento disponíveis são PIX, cartões de crédito nas bandeiras Visa, Mastercard e American Express, além de Apple, Google e Facebook Pay.

Também há a opção de checkout transparente graças às soluções de parceiros PagBrasil, Mercado Pago e Moip (antiga Wirecard). E, diferentemente da Nuvemshop, a Shopify não possui uma solução própria de pagamentos, apenas parcerias. 

4. Facilidades logística

A Shopify disponibiliza para os seus lojistas taxas de envios flexíveis. Nela é possível configurar taxas de envio por preço fixo, preço escalonado (gradativo), baseadas em peso do produto e baseadas em localização da entrega. 

Além disso, é possível configurar para a partir de um determinado valor, sua loja oferecer automaticamente frete grátis.

Essa plataforma também te ajuda com o cálculo dos impostos. Com base na sua localização, a Shopify administra de forma automática as taxas de impostos dos principais países e estados. Isso vai te ajudar bastante com impostos, como o ICMS.

5. Relacionamento com o cliente

A Shopify tem modelos de e-mail para que os lojistas possam trabalhar o relacionamento com seus clientes. Esses templates podem ser personalizados para que fiquem com o design e a linguagem alinhados à sua marca. 

Um bom exemplo de uso desses modelos de e-mail é para quando for necessário recuperar uma venda, o famoso carrinho abandonado. Você pode criar uma mensagem que seja enviada automaticamente quando um cliente colocar um produto no carrinho e não chegar até a página de compra efetuada com sucesso.

Nesse e-mail, você pode oferecer um cupom de desconto ou algum outro benefício que estimule a pessoa a comprar. Dessa forma, esse recurso te aproxima do cliente e pode diminuir bastante a perda de vendas.

Outros recursos para ajudar no relacionamento do lojista Shopify com o cliente dele:

  • Canais de atendimento: permite que o lojista se conecte com soluções de atendimento como Shopify Fulfillment Network, Amazon, Rakuten Super Super Logistics e Shipwire ou crie a própria solução de atendimento;

  • Perfis dos clientes: a Shopify disponibiliza informações sobre os clientes e seus hábitos de compra. Essas informações de contato e histórico de pedidos podem ser encontradas rapidamente;

  • Grupos de clientes: é uma segmentação que vai ajudar o lojista a criar uma comunicação mais personalizada com os clientes. Eles podem ser feitos de acordo com a localização, histórico de compras, etc;

  • Cartões de presente: ao ativar essa opção, o lojista Shopify consegue dar a possibilidade dos seus clientes comprarem cartões presente (créditos na loja) para presentear alguém. Também há a opção de usar esse recurso como crédito da loja, ou seja, o lojista dá para seus clientes como um presente, pode ser usado em uma ação de marketing.

6. Gestão de estoque

Outro recurso relacionado ao estoque é a gestão do inventário, que possibilita o rastreio e a contagem automática dos itens do estoque. Ou seja, quando acaba um produto, automaticamente a loja para de vendê-lo. 

Além disso, assim como na Nuvemshop, o lojista Shopify consegue oferecer diferentes variações dos produtos, como tamanhos, cores e materiais, colocando em cada um deles um preço, SKU, peso e quantidade no estoque.

Também é possível organizar os produtos por categorias, tipo, temporada, venda. Para facilitar esse processo, o lojista Shopify pode criar coleções inteligentes para classificar os produtos automaticamente com base no fornecedor, preço e nível de estoque.

Você também pode importar ou exportar produtos usando planilhas (arquivo CSV) ou um dos aplicativos Shopify.

7. Ferramentas de marketing e SEO

Na parte do marketing, a Shopify tem os seguintes recursos: créditos do Google Ads (o lojista Shopify recebe US$ 100 em publicidade Google se gastar US$ 25 com o Google) e venda no Facebook (seguidores do Facebook dos lojistas Shopify não precisam sair da rede social para realizar suas compras).

A Shopify também tem integração com as redes sociais, Facebook, Instagram, Pinterest, X (antigo Twitter) e Tumblr. Isso vai ajudar o lojista a conseguir conectar todos os pontos de contato das pessoas com a marca dele em um único local.

Além disso, a Shopify tem integração com o Google Analytics que vai te ajudar a rastrear vendas, visitas e referências e também disponibiliza aos seus lojistas relatórios para análise.

Já na parte do SEO, a Shopify oferece aos seus lojistas suporte às melhores práticas de SEO, como título personalizado, URLs e descrições. 

8. Dropshipping com a Shopify

A Shopify criou o Oberlo, um aplicativo de dropshipping que permite aos seus lojistas comprarem produtos de fornecedores do AliExpress. Com ele, é possível importar itens para a loja da Shopify, editar listas de produtos e fazer pedidos individuais ou em massa.

Ao optar pelo modelo de dropshipping, o lojista não precisa armazenar, embalar e nem enviar os produtos, pois isso é tarefa do fornecedor que ele conseguiu via Oberlo.

9. Preços e planos Shopify

A Shopify permite que as pessoas experimentem a plataforma de forma por um período de 3 meses, pagando apenas US$ 1 por mês. Depois desse período, é possível escolher entre três principais planos que custam entre US$ 19 e US$ 399. Lembramos que todos os pagamentos são feitos em dólar. 

Ao final, você pode optar por um dos seguintes planos:

  • Shopify básico: bom para novos negócios que fazem um baixo volume de vendas, custa US$ 19 por mês;
  • Shopify: bom para empresas em crescimento que já vendem faz um tempo, seja online ou fisicamente, custa US$ 52 ao mês. 
  • Shopify avançado: ideal para escalar empresas que precisam de relatórios avançados, custa US$ 399 ao mês.
Nuvemshop ou Shopify

10. Painel da Shopify

O painel da Shopify é bastante completo e conta com todos os recursos mais importantes para começar a vender e escalar as vendas.  No menu lateral, à esquerda, você encontra opções como:  

  • Histórico de pedidos de clientes e carrinhos abandonados;
  • Lista de produtos cadastrados, estoque, coleções e cartões-presente;
  • Estatísticas sobre a loja virtual, como total de vendas, sessões, taxa de conversão, etc.;
  • Resultados de marketing e apps para fazer a gestão da divulgação da loja;
  • Códigos de desconto;
  • Apps integrados à loja;
  • Canais de venda selecionados;
  • Opções de personalização;
  • Configurações gerais.

11. Opções de suporte 

A Shopify prioriza canais de atendimento online, com as seguintes opções:

  • Fóruns da Comunidade Shopify;
  • Central de Ajuda;
  • Telefone;
  • Chat.

Em seu perfil do Reclame Aqui, a empresa conta com uma nota de 4.7, considerada ruim para os padrões de atendimento de outras empresas, ganhando a tag de “Não recomendada”. De acordo com dados do Reclame Aqui, 65% dos usuários que reclamaram não voltariam a fazer negócio com a plataforma. 

Nuvemshop ou Shopify: veja o comparativo

Agora que conhecemos bem as duas plataformas, fica a dúvida: Nuvemshop ou Shopify? Para ajudar nessa decisão, preparamos um comparativo entre os dois serviços. Veja logo abaixo:

1. Layout 

De um lado temos a Nuvemshop que oferece mais de 55 modelos gratuitos com a possibilidade de personalização por conta própria (caso tenha conhecimento técnico) ou com a ajuda de um Especialista Nuvem. 

Além disso, existem outros recursos que vão tornar a experiência das pessoas mais agradável ao entrarem na sua loja virtual, como:

  • Busca de produtos e filtros;
  • Possibilidade de selecionar produtos relacionados;
  • Cálculo de custo de envio no carrinho.

Do outro lado temos a Shopify com centenas de temas disponíveis – e todos eles personalizáveis –, mas apenas 12 opções gratuitas. Em média, os layouts pagos custam a partir de US$ 150.

Vale lembrar também que, ao contrário da Nuvemshop, a personalização dos layouts na Shopify requer conhecimentos em HTML e CSS. Você pode contar com a ajuda de uma equipe própria, ou com especialistas da Shopify. 

2. Gestão dos produtos

A Nuvemshop tem dois recursos que ajudam o lojista a diminuir a perda de vendas. O primeiro é a configuração das notificações para que o cliente receba um aviso automático quando o produto favorito dele estiver novamente disponível.

Já o segundo é configurar alertas para que o lojista esteja ciente dos produtos que estão acabando no seu estoque. Assim, o empreendedor consegue ter maior controle do que está acontecendo no estoque e consegue antecipar a reposição dos produtos.

Já na Shopify, o lojista consegue oferecer diferentes variações dos produtos, como tamanhos, cores e materiais, colocando em cada um deles um preço, SKU, peso e quantidade no estoque.

Além disso, é possível organizar os produtos por categorias, tipo, temporada e venda. Para facilitar esse processo, o lojista Shopify pode criar coleções inteligentes para classificar os produtos automaticamente com base no fornecedor, preço e quantidade no estoque. Assim, a Shopify contribui para a otimização do tempo do lojista, pois vai ajudar a deixar tudo bem segmentado.

3. Formas de pagamento

Nesse ponto, é importante ressaltar que a Nuvemshop possui uma solução própria de pagamento (Nuvem Pago) e disponibiliza  os métodos mais utilizados, como: cartões de crédito/débito, transferência bancária, dinheiro, boleto e Pix). 

Além disso, quando o assunto é boleto, a Nuvemshop tem a melhor taxa de cobrança do mercado: R$ 2,50 por cada documento.

Já a Shopify possibilita aos lojistas a rápida configuração dos métodos de pagamento mais populares e moedas locais de forma tranquila. Nele é possível pagar com cartão de crédito (Visa, Mastercard e American Express), além de Apple, Google e Facebook Pay.

4. Ferramentas de marketing

Ambas plataformas possuem integração com o Google Analytics, que ajuda o lojista a estudar o comportamento do seu público e o tráfego em seu site.

No quesito ferramentas de marketing, o grande diferencial da Nuvemshop é a possibilidade de conectar canais como Buscapé, Google Shopping, Facebook Store e Instagram Shopping à loja virtual. Assim, é possível ter todo o controle de vendas e estoque em um único lugar.

Já o grande diferencial da Shopify é os créditos Google Ads para o lojista. O lojista Shopify ao gastar R$ 25 com o Google recebe o crédito de R$ 100 para atingir mais pessoas com as suas campanhas. 

5. Estabilidade e segurança da loja virtual

A Nuvemshop conta com servidores Amazon, equipe de monitoramento técnico 24 horas por dia, 7 dias por semana e também tem uma taxa de 99,9% de tempo online durante o ano.

Além disso, tem certificado de segurança gratuito incluso para todos os lojistas, o que permite oferecer transações (compras) seguras aos seus clientes. Este é um recurso também oferecido pela Shopify.

6. Dropshipping

Na Nuvemshop há três soluções de dropshipping. A primeira é o Dropi, ferramenta que automatiza toda a importação de pedidos realizados na AliExpress. Por meio dela, o lojista Nuvemshop consegue gerenciar todo o catálogo da loja via sincronização automática. Assim, o lojista economiza tempo e aumenta a produtividade.

Já a segunda é o Drop Nacional, que permite ao lojista Nuvemshop trabalhar com fornecedores nacionais que cuidam de toda a operação logística e tem gerenciamento próprio para fazer vários pedidos de uma vez só.

Por fim, a terceira é a Printful. Ela permite aos lojistas da Nuvemshop vender produtos personalizados de print-on- demand, como bordado, gravação e impressão.

Já na Shopify temos como solução dropshipping o Oberlo, aplicativo que permite aos seus lojistas comprarem produtos de fornecedores do AliExpress. Com ele, é possível importar itens para a loja virtual Shopify, editar listas de produtos e fazer pedidos individuais ou em massa.

7. Preços e planos

A Nuvemshop oferece um plano gratuito, o plano Começo. Quanto aos planos pagos, os valores começam em R$ R$ 59 e vão até R$ 389 /mês. A plataforma tem ainda um plano exclusivo para empresas de grande porte, que faturam R$ 100 mil ao mês. 

Já a Shopify conta com planos que variam de US$ 19 a US$ 399, e também conta com um plano para lojistas mais robustos, o Shopify Plus. 

Lembramos que, ao contrário da Nuvemshop, a Shopify limita o número de usuários de acordo com o plano. O período de testes da Shopify dura 3 meses, mas é preciso pagar uma taxa de US$ 1 por mês. 

Portanto, por ser cobrada em real e ter uma opção gratuita, a Nuvemshop é mais acessível para quem trabalha com Ecommerce no Brasil, especialmente considerando que a nossa moeda sempre tem uma desvalorização com relação ao dólar.

Nuvemshop ou shopify

Como escolher a sua plataforma de Ecommerce

Escolher a plataforma certa, realmente, é uma decisão que pode tomar tempo. Afinal de contas, essa é a base na qual a sua loja vai crescer e prosperar. Nós também queremos que você tome a melhor decisão. Por isso, criamos um resumo e uma lista de dicas para te ajudar nesse processo: 

  • Analise se a plataforma oferece integração com os canais de venda importantes para seu público; 
  • Entenda se os planos e preços cabem no seu bolso;
  • Verifique se a plataforma oferece opções de personalização e como você pode personalizá-la – por conta própria, ou com a ajuda de uma equipe; 
  • Veja se a plataforma possui meios de pagamento e métodos de envio já integrados;
  • Entenda se o nível de atendimento que o site oferece é satisfatório, uma vez que você precisará de ajuda com sua loja em vários momentos.

1. Procure um preço compatível com seu orçamento

O que diferencia o preço de uma plataforma para a outra é a quantidade de benefícios e recursos disponibilizados para o lojista. Mas nem sempre é necessário ter uma plataforma com milhares de recursos, principalmente se estiver começando. 

Quando estamos iniciando, temos orçamento e equipe reduzidos. Por conta disso, devemos focar em fazer o básico bem feito para não perdermos o foco e acabarmos gastando mais recursos do que necessário (dinheiro e tempo).

Não coloque a carroça na frente dos bois, ou seja, não queime etapas, dê um passo de cada vez para que você consiga fazer o seu negócio crescer e não se perca no caminho.

2.  Priorize serviços de fácil personalização

Sua loja virtual precisa ter a cara da sua marca e para que você consiga fazer isso é fundamental contratar uma plataforma que disponibiliza templates variados, além da possibilidade de realizar modificações de forma fácil. 

As plataformas que mostramos neste artigo (Nuvemshop e Shopify) apresentam diversos templates que encaixam em diversas categorias do varejo. 

Além disso, em ambas não é necessário ser um especialista em design (HTML e CSS) para criar uma loja atraente e com ar profissional.

3.  Tenha a otimização como lema

Todo mundo quer estar na primeira página do Google, pois isso significa que o site tem maiores chances de alcançar um bom tráfego orgânico. Ou seja, estar no topo do Google pode significar que seu site terá mais pessoas chegando na sua loja virtual sem que seja necessário criar anúncios.

Para conseguir estar lá em cima no Google é necessário que o conteúdo esteja bem otimizado, ou seja, tenha sido construído pensado em ser facilmente compreendido pelas pessoas e pelos robôs do Google.

Elementos importantes para otimização: URLs amigáveis (que dizem de forma objetiva o que encontraremos na página do site), títulos e descrições dos produtos ou conteúdos com as palavras-chave corretas. 

A plataforma de Ecommerce que você escolher precisa te permitir editar de forma prática cada um dos elementos acima. Um outro elemento que deve ser levado em consideração na questão da otimização é a velocidade do site, quanto menos tempo demorar para carregar a sua loja virtual, melhor. 

Pensando nisso, você deve escolher uma plataforma que trabalhe com elementos leves para que, independente da qualidade da internet da pessoa, ela consiga acessar sem dificuldade

4. Busque disponibilidade para fazer integrações

Um lojista virtual tem que atuar em muitas frentes. Cadastro de produtos, gestão de estoque, entrega dos produtos, atendimento ao cliente, produção de conteúdo, criação de campanhas e análise de ações são algumas delas. 

Para facilitar o dia a dia desse profissional é fundamental que todas as demandas se concentrem em um só lugar, aí que entra a plataforma de Ecommerce.

Na hora de escolher a sua plataforma, veja quantas e quais são as integrações disponíveis nela. As principais a que se precisa estar atento são integrações com meios de pagamento, de logística, de canais de venda e de ferramentas de marketing. 

5. Priorize o mobile (celulares e tablets)

É fundamental que a sua loja virtual tenha um layout responsivo, ou seja, que se adapte bem em diferentes tamanhos de telas de dispositivos móveis. Isso é fundamental para que você consiga oferecer uma boa experiência aos usuários.

Considerando que boa parte do tráfego na internet acontece em dispositivos móveis, se você quer ter sucesso com a sua loja virtual, vai precisar escolher uma plataforma de Ecommerce que possua um design responsivo.

Nuvemshop ou shopify

Monte o seu próprio Ecommerce de sucesso!

Nós temos o treinamento ideal para você! O "Crie sua loja virtual do zero" é um treinamento para você que quer montar uma loja virtual 100% funcional e parar de depender de marketplaces.

Além disso, esse treinamento também serve se você quiser fazer uma mudança de plataforma. Dentro dele, você aprenderá: 

  • Configurar a plataforma;
  • Cadastrar produtos;
  • Cuidar da segurança do site;
  • Configurar meios de pagamento e de envio;
  • Como utilizar o seu domínio.

Este treinamento completo – e centenas de outros conteúdos – estão disponíveis na assinatura Ecommerce na Prática.Para começar agora, clique no botão abaixo:

Perguntas Frequentes

O que é melhor Nuvemshop ou Shopify?

A escolha entre Nuvemshop e Shopify depende das necessidades específicas do negócio, considerando recursos, suporte e custo-benefício.

Qual o valor da Shopify?

A Shopify oferece planos com preços que variam de US$ 19 a US$ 399 por mês, dependendo das funcionalidades desejadas.

Qual o valor da Nuvemshop?

A Nuvemshop possui um plano básico que custa R$ 59 por mês, mas também oferece uma opção gratuita, que pode ser usada por tempo ilimitado.

Qual é a melhor plataforma para dropshipping?

Tanto a Nuvemshop quanto a Shopify são boas opções para dropshipping, mas a Shopify é conhecida por seu aplicativo Oberlo, que facilita a importação de produtos do AliExpress.

Quanto a Nuvemshop cobra por venda?

A taxa de venda da Nuvemshop varia de 0,5% a 2%, dependendo do plano escolhido. Para lojistas que usam o Nuvem Pago, a tarifa pro venda é totalmente gratuita.